Marcado como: musica Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • Flávio Leal 9:32 p em November 24, 2009 Link Permanente | Resposta
    Tags: , como começar, couver, Credicard Hall, dead fish, emo, estúdio, estilo, estilo de música, indie, musica, rock, venda de ingressos, viver de música, viver de rock   

    Viver de rock, o começo! 

    viver de rock o começo, escola do rock

    A bastante tempo não se via tantas bandas surgindo e seus mais variados estilos aparecendo, mas talvez por culpa de quem organiza as chamadas “cenas”, vem tudo sendo reduzido a quem é emo e quem é indie, e não se sabe mais onde acaba o rock e começa o funk, mas o post de hoje não é para discutir essas polêmicas e sim para olhar mais de perto os primeiros passos pra se tornar um profissional da música.

    A euforia de se tornar um rock star sempre acaba atropelando alguns passos importantes. Todos já querem ir direto para a parte legal da coisa, o palco e a loucura depois do show, e acabam assim caindo nas armadilhas do que se vê muito hoje, bandas pagando para tocar quando em qualquer profissão o normal é que aconteça o contrário.

    Um esquema vem se tornando quase obrigatório pra quem começa, que funciona mais ou menos assim,  venda 30 ingressos a valores que você normalmente paga para ver uma banda já famosa, ou seja, missão quase impossível para um iniciante, que ainda cobre o prejuízo do organizador e se tiver sorte toca pra alguém que ficou lá depois de 10 bandas já tocarem.

    Mas vamos voltar ao objetivo inicial, a parte mais legal lembra? Pra uma banda iniciante tanto faz tocar em um boteco na esquina ou no Credicard Hall a sensação vem primeiro, e ai está o segredo. Tente pesar dessa maneira, das 15 bandas que vão tocar nesses festival se todas venderem 30 ingresso a uns R$15,00 quanto vai dar de dinheiro no final. Agora experimente chegar pro seu Manuel que tem um bar do lado do estúdio onde ensaia e adora você e seus amigos porque nenhum pinguço do boteco dele bebe tanto quanto você e faça a proposta de levar mais 50 pessoas no mínimo, iguais a sua galera pro bar dele, a uma módica quantia de R$5,00 que seja, junte daquelas 15 bandas umas 4 que realmente você conhece e faça as contas do aluguel do equipamento que nem precisa ser nada pra por o bairro abaixo. Posso te garantir que vão ser bem mais divertido e alguns shows desses e o seu mês de estúdio pelo menos vai estar pago.

    No vídeo abaixo em uma entrevista com a Rodrigo do Dead Fish que onde ele comenta sobre isso e assumem uma postura legal sobre esse esquema.

    Independente de como era e como é hoje, posso falar por experiência própria, e olha que não sou nenhum rock star, é bem mais divertido assim, e mesmo que não seja a fórmula mágica pra viver de rock pra quem já está perdendo não custa tentar.

    Mais pra frente vamos abordar não só as bandas de rock mas os mais variados gêneros, das bandas couver ao meio gospel quem tiver uma dica de como começar ou se gostou e siga agente no Twitter @quetrampo

    Flavio Leal

    Anúncios
     
  • Ivan 9:32 p em October 20, 2009 Link Permanente | Resposta
    Tags: artes visuais, artistas, , cultura popupar, dança, lei de incentivo, lei de incentivo cultural, musica, novas mídias, OI, OI Futuro, patrocínio cultural, patrocinio, patrocinios, pedir patrocinio, projeto ciltural, , tecnologia   

    Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados 2010 

    oi

    É interessante como alguns trabalhos não são reconhecidos como profissão. Já ouvi até professor dizendo que “depois de anos como executivo em tal empresa, deixou de trabalhar pra dar aula”. Enfim muitas pessoas vão pelas rotas alternativas – professores, blogueiros, artistas…
    Pra quem vive de arte, fontes interessantes são os programas de incentivo a cultura vindos do governo ou iniciativa privada. Estão abertas desde o dia 15/10 e vão até 15/11 de 2009, as inscrições para o Programa Oi de Patrocínios Culturais Incentivados 2010. Serão aceitos projetos das seguintes categorias:

    • Artes Visuais • Cinema • Cultura Popular • Dança • Espaços Culturais • Mostras e Festivais • Música • Patrimônio Cultural • Publicação e Documentação • Teatro • Tecnologia e Novas Mídias.

    O programa é aberto para projetos aprovados nas leis de incentivo à cultura e podem ser propostos por pessoas físicas e jurídicas. Devem ainda atender critérios de avaliação como: desdobramentos sociais para a região onde está inserido e indicação do público beneficiado.
    O programa se estende a todo o Brasil e a inscrição é gratuita.

    Ivan Leal @ivanlegal

     
    • 100frescura 9:32 p em outubro 21, 2009 Link Permanente | Resposta

      Estarei lá com certeza!

      Muito bom o post. O blog tá animal!

      Abraço

    • Cido Menezes 9:32 p em outubro 21, 2009 Link Permanente | Resposta

      Opá! Informação muito interessante e importante para os artistas e afins. parabéns pelo conteúdo do blog!

  • Tobal 9:32 p em September 30, 2009 Link Permanente | Resposta
    Tags: dança do desempregado, , Dignidade, , Gabriel O pensador, musica, Realidade   

    Dança do Desempregado 

    Dança do Desempregado

    Composição: Gabriel O Pensador

    (…)

    Essa é a dança do desempregado
    Quem ainda não dançou tá na hora de aprender
    A nova dança do desempregado
    Amanhã o dançarino pode ser você

    (…)

    A música acima mostra um reflexo da atual realidade de nosso país, um assunto que tira o sono de qualquer cidadão brasileiro, que ja passou por isto, que vive isto, ou tem a consciência que ele pode ser o próximo a passar por isto. Mas se o Gabriel me permite quem vai ser o pensador hoje sou eu:

    1 – se você leva um pé na bunda e vai pro olho da rua, você não deve sair com uma mão na frente e outra atrás, afinal o QueTrampo esta aqui para te acolher te braços abertos sempre que você for o dançarino da vez.

    2 – Ao invés de ficar botando a mão em todo lugar e não encontrar nada, bote a mão na conciência, e descubra o que esta errado naquele momento para você estar passando por tal situação, e corte o mal pela raiz, caso não descubra passe aqui que a gente te ajuda no que for preciso.

    3 – Meninas e mulheres, pelo amor de deus ignorem o que o Gabriel cantou para vocês, com certeza existem diversos caminhos muito mais dignos e fáceis, afinal viver com a dignidade e conciência pesando não deve ser nada fácil.

    4 – E a última estrofe eu nem preciso comentar, afinal quem visita o Quetrampo com toda certeza não tem o menor interesse de ver o sol nascer quadrado e não será o dançarino por muito tempo.

    Eu vo ficando por aqui, tenham todos um ótimo dia de trabalho e pra quem quiser ouvir a música e começar o dia rindo que já é um bom começo segue o vídeo abaixo:

    Até mais

    Tobal @caiotope

     
    • Jacqueroll 9:32 p em outubro 1, 2009 Link Permanente | Resposta

      Rááá, Gabriel Pensador tem umas letras incríveis, essa é mais um exemplo!

      Parabéns pelo Blog =D

      Passem no nosso, que é sobre Instrumentos Musicais!
      http://www.fazendomusica.wordpress.com

      See ya, boys! ;*

      • Tobal 9:32 p em outubro 1, 2009 Link Permanente | Resposta

        Curto pra caraca o Gabriel Pensador tb jacque, são sempre letras muito inteligentes que nos fazem pensar, pq na maioria das vezes o que ele fala é a pura realidade.

        que bom que vc gostou do blog.

        bjaum

    • Selma 9:32 p em outubro 2, 2009 Link Permanente | Resposta

      Bem alegre e descontraído!!Adorei, a musica do Gabriel é bem legal . Parabéns!!!!

    • Selma 9:32 p em outubro 7, 2009 Link Permanente | Resposta

      As informações deste Quetrampo são muitos legais!!! Boas informaçoes á todos !!!!! Parabéns

c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar