Marcado como: entrevista Ativar/desativar aninhamento de comentários | Atalhos do Teclado

  • Ivan 9:32 p em November 30, 2009 Link Permanente | Resposta
    Tags: 10 coisas, ajuda, candidato, candidato a entrevista, como se preparar para uma entrevista, , , entrevista, guia de entrevista, guia pratico, o que falar na entrevista   

    Como se dar bem na estrevista de emprego 

    entrevisa dicas infalíveis

    Mesmo no caso daquele “QI” fortíssimo, raramente alguém consegue emprego sem passar por pelo menos uma entrevista. Assim, depois de analisar diversos manuais complicados que existem por aí, fizemos um guia prático e objetivo pra você deixar de ouvir o famoso: qualquer coisa estaremos entrando em contato.

    Nada mais prático e objetivo do que tópicos, então algumas dicas ainda foram separadas entre homens e mulheres. No caso de dúvida escolha a que mais agradar.

    • cabelos

    • Para os homens é fácil: raspa tudo. Esqueça topete, moicano… tigelinha anos 80 então nem pensar.
    • Mulheres cuidado com as acessórios, por mais difícil que pareça, em uma entrevista o que mais deve chamar atenção na sua cabeça é o cérebro.

    • maquiagem
    Para os homens eu indicaria só enxugar a testa, mas a dica  a seguir serve pra todos.
    Discrição! Mesmo se for procurar emprego no circo, guarde o nariz pra colocar depois de empregado.

    • roupas
    Homens: poderia dizer que um jeans limpinho e uma pólo bem passada resolveriam, mas como “jeans limpinho” pode ser bem subjetivo… social é a regra.
    Mulheres pra evitar qualquer comentário grosseiro, se for pegar roupa emprestada, escolha uma prima que use o mesmo número que você. Isso se ela não estudar na Uniban.

    • calçados
    Sempre sapatos! Dizer par você ir com o tênis que mais gosta poderia incluir aquele All Star velho que corre o risco de não agradar.

    Meninas acreditem, um sapatinho fechado pode salvar seu emprego e até sua vida! Afinal você evita desde o mico da unha descascada até um maníaco podólatra “pagando no seu pé”. Isso existe mesmo!

    • suas expectativas

    Sabe aquela pergunta: Onde você pretende estar daqui 5 anos?

    Essa pergunta o pessoal de RH aprende na faculdade. Como nós vimos o livro do professor, lá tinha a resposta:

    Acredito no crescimento dessa empresa e pretendo estar aqui contribuindo o máximo que puder. Infalível

    • não minta onde mora

    Por mais feio que seja o lugar é melhor dizer a verdade porque:

    1 – todos vão acabar descobrindo mesmo

    2 – você vai ter que bancar metade da condução do seu bolso

    • atividades (hobby, esportes)

    Mesmo que esteja visivelmente fora do peso, invente que pratica alguma coisa, até um baralho que seja. Você precisa demonstrar que vai se enturmar com os colegas e entrar pro time de qualquer coisa que eles façam.

    • deixe o chefe falar

    Eu sei que em uma entrevista quem deveria falar mais seria você. Mas muitos chefes aproveitam a ocasião pra desabafar um pouco e dizer algumas coisas que nenhum funcionário acredita mais, tipo: a partir do ano que vem teremos plano de carreira; nossos funcionários estão muito satisfeitos; havia uma revisão de salários programada que foi adiada pela crise…etc.

    Só pra ilustrar video mostra 10 coisas que você NÃO deve fazer, se resta alguma dúvida.

     

    Dito isto, não tem como falhar, se por acaso depois dessas dicas você ficar pelo caminho denovo: ou seu currículo não ajuda, ou o outro candidato também leu esse post.

    Boa  Sorte!

    Ivan Leal  @ivanlegal

     

    Anúncios
     
    • claudio 9:32 p em novembro 30, 2009 Link Permanente | Resposta

      Muito boa essas dicas, ainda tem gente que acha que pode ir de qualquer jeito a uma entrevista, a cerca de 4 anos fui a uma entrevista numa grande empresa aqui da minha região tentar uma vaga teve um cara de teve a coragem de ir de bermuda e camiseta, conclusão, não passou nem da portaria…

    • BrunoLuup 9:32 p em novembro 30, 2009 Link Permanente | Resposta

      Aê rapaz, muito bacana esse post. Percebo que cada vez mais os textos do QUE TRAMPO são mais completos e criativos! Sempre dou uma prechecada. Abraço pra todos.

  • Flávio Leal 9:32 p em November 12, 2009 Link Permanente | Resposta
    Tags: curso de graça, curso de ingles gratuito, curso de ingles na internet, curso gratuito, entrevista, entrevista de emprego, , folha online, folhaonline, Inglês, Inglês de graça, Ingles gratuito, ingles online, inglesonline, livemocha, , , videocast   

    Dicas de Inglês na Internet e de graça 

    ingles na internet de graça curos e dicas

    Houve um tempo em que falar inglês era um bom diferencial, ultimamente tem se tornado uma necessidade. Agente já viu aqui algumas dicas de como aprender pela web, principalmente através das vídeo aulas. Dentro desse parâmetro fomos atrás de saídas para quem quer aprender ou aperfeiçoar seu inglês através da internet.

    Uma boa dica é dar uma olhada no http://www.inglesonline.com.br o forte deles é justamente “dar boas dicas” e o legal é que é tudo dividido por níveis o que facilita o entendimento.

    Pra galera que não dispensa um Orkut ou o Facebook temos uma rede social específica pra esse aprendizado o Livemocha. Assim como toda rede social é baseada na interação entre os usuários e nada melhor do que se relacionar com pessoas que falam a língua que você está estudando pra deixar a sua conversação perfeita. Livemocha oferece suporte a mais de 20 idiomas, do inglês ao mandarim.

    Esses são apenas alguns caminhos, como já falamos anteriormente a vantagem de se estudar na internet é a economia, porque boa parte do conteúdo é de graça ou a um preço bem menor. É claro que é bem possível que esse conteúdo não seja o bastante e você tenha que aderir a um curso presencial, mas é muito prático para evoluir mais rapidamente.

    Agora pra os que se acham aptos a partir para o mercado de trabalho onde seu inglês vai ser realmente posto a prova veja o videocast da folhaonline, é bem legal que mostra uma simulação de entrevista e erros bem comuns que podem ser evitados.

    Gostou das dicas e tem algum site que possa indicar fale com agente no @quetrampo

    Flávio Leal @lealhc

     
    • Cido Menezes 9:32 p em novembro 12, 2009 Link Permanente | Resposta

      Aqui no quetrampo a gente encontra dicas que valem ouro!
      Parabéns… agora preciso ir pra estudar inglês.

      Abraço

      • Caroline Silva 9:32 p em novembro 13, 2009 Link Permanente | Resposta

        Muito bom o post! 🙂

        Pra ajudar ainda mais, indico o http://www.englishexperts.com.br. Tem posts diários com todo tipo de dica, e o arquivo dele é separado por nível de inglês, muito bom!

        • Flávio Leal 9:32 p em novembro 13, 2009 Link Permanente

          Valew Caroline, bem legal o blog, esse é um tema que da pra complementar bastante se alguém mais conhecer alguma dica só comentar pra enriquecer mais o post.

    • Paula Albocino 9:32 p em janeiro 27, 2010 Link Permanente | Resposta

      Muito util o seu post, mas faltou a escola de ingles online Englishtown http://www.englishtown.com.br
      A Secao Comunidade do site oferece videos, artigos, quizzes e teste de ingles gratuitamente.
      Abraco,
      Paula

  • Tobal 9:32 p em October 22, 2009 Link Permanente | Resposta
    Tags: colaboradores, como ir bem em entrevistas, desempenho, , , empresa, entrevista, , , Gafisa, Gafisa vendas, Paula Leal, relacionamento na empresa, RH, , vendas   

    QT Entrevista, Paula Leal: Como agir em uma entrevista e dentro da empresa 

    Entrevista-Paula-Leal

    Pra galera que ainda tem muitas dúvidas de como agir na hora da entrevista, fomos buscar dicas importantes direto da fonte, entrevistamos a Analista de RH da Gafisa Vendas, Paula Leal . Ela foi muito atenciosa e nos contou um pouco sobre sua experiência e como agir em uma entrevista e durante sua vida profissional dentro de uma empresa.

    Nos dias atuais quais atitudes uma empresa espera de um funcionário?

    O que uma empresa espera de um funcionário vai muito da cultura da organização e do cargo que cada um ocupa. Mas acredito que há uma determinada atitude que pode ser compartilhada por todas: o comprometimento. Este nada mais é do que um envolvimento que leva uma pessoa a realizar um certo esforço em prol da empresa. Tal esforço expressa sua preocupação com o sucesso da instituição e influencia no alcance de metas e objetivos. “Vestindo a camisa”, um colaborador desempenha melhor sua função e conseqüentemente pode trazer melhores resultados.

    Em uma entrevista de seleção quais são os pontos mais importantes a serem seguidos? O que faz a diferença?  Você teria algumas dicas de grande valor para nos fornecer?

    Entrevistas não devem seguir receitas de bolo. Acho que o que faz a diferença é manter a calma, para que nada que seja importante falar passe batido, e mostrar-se aberto a responder todas as perguntas. Destacar os resultados alcançados em empregos anteriores também ajuda.

    Hoje, com toda essa evolução tecnológica e abundancia de informação. Quais são os benefícios de funcionário bem informado?

    Um funcionário bem informado sempre é um ponto positivo. Ele pode trazer dicas de práticas organizacionais do mercado e auxiliar no desenvolvimento e crescimento da empresa assim como pode levantar acontecimentos relevantes à tomadas de decisão.

    O que o RH de uma empresa analisa para classificar o desempenho dos colaboradores?

    O desempenho pode ser medido através da identificação e análise de itens quantitativos e qualitativos inerentes à atuação de um profissional dentro do seu ambiente de trabalho. Os quantitativos são mensuráveis e baseados nas metas e objetivos definidos pela empresa. Os qualitativos são baseados em competências comportamentais que a empresa espera que o funcionário desenvolva (normalmente estas são definidas a partir da visão, missão, valores e cultura da organização).

    Qual foi a maior dificuldade que você encontrou para achar seu lugar no mercado de trabalho? Por que?

    O mercado de trabalho hoje é muito concorrido. Não basta ter um diploma de graduação. Experiências (de trabalho, de cursos, de viagens, de atividades extracurriculares, cursos de idiomas e outros), atitude e comprometimento fazem a diferença. Sempre procurei algumas desta características. A maior dificuldade para mim foi vir de Florianópolis para São Paulo. Estando lá, as pessoas não me chamavam para vir para entrevistas pois não acreditavam que eu realmente queria vir trabalhar em São Paulo. Preferiam pessoas que já moravam aqui. Mas não desisti e hoje estou bem colocada profissionalmente.

    Quem quiser entrar em contato com a Paula pode mandar um e-mail para paulinha_bea@yahoo.com.br

    Caio @caiotope

    Paula Beatriz Santos Leal
     
    • Daniel Vale 9:32 p em outubro 22, 2009 Link Permanente | Resposta

      Boa ideia de entrevistar a galera da area.
      Espero que tenham mais. Essas dicas sao precisosas.

      abraços

    • Selma 9:32 p em outubro 26, 2009 Link Permanente | Resposta

      Sempre é bom mostrar entrevistas do pessoal de RH!!!! Assim aprederemos muitas coisas.Valeu!!

    • Selma 9:32 p em outubro 26, 2009 Link Permanente | Resposta

      Ops!!!Aprenderemos!!

    • Enéias 9:32 p em novembro 2, 2009 Link Permanente | Resposta

      Show de bola! Boas dicas!
      Tenho a oportunidade de trabalhar com a Paula e vejo que é isso mesmo que ela busca quando na sua atuação de RH.

  • Ivan 9:32 p em October 21, 2009 Link Permanente | Resposta
    Tags: ao vivo, Biz Stone, celular, , comunidade, criador do Twitter, entrevisa Biz Stone, entrevista, II Encontro Agenda do Futuro, , TV1, tweets, ,   

    2º Encontro Agenda do Futuro – O Criador do Twitter 

    agenda_do_futuro

    O twitter já é conhecido para mais de 50 milhões de pessoas pelo mundo, mas é novidade pra muita gente e não passa de mero “site de conversas” para outros. O fato é que muitas empresas já estão totalmente integradas a essa nova ferramenta. São desde ações de marketing até processo seletivo de funcionários. A oportunidade de atingir milhões de pessoas instantaneamente acertou em cheio quem leva a sério as redes socias. Hoje  20% dos tweets já se referem às marcas. Nesse novo cenário, principalmente quem deseja trabalhar com comunicação, não pode ficar de fora de uma ferramenta tão poderosa.
    O fundador do Twitter está no Brasil e aqui vão alguns passos dele por aqui.
    Em entrevista para a Veja, Biz Stone diz que o modelo inicial foi o das mensagens de celular e que a explicação para que hoje cerca de 50 milhões de pessoas estejam cadastradas seja justamente a possibilidade de trocar informações entre a própria comunidade. Desde assuntos em comum até informações do próprio bairro atualizadas em tempo real.
    Outra diferença apontada por um dos criadores do Twiter em relação as demais redes socias é a possibilidade de ter informações de alguém sem a necessidade de que ela faça parte da sua rede de contatos. É possível acompanhar qualquer perfil e por outro lado ter milhões de seguidores sem seguir ninguém.
    Por fim fala da liberdade de poder acompanhar as informações que interessam e se comunicar com as pessoas sem a obrigação de retorno, como acontece no e-mail. “Você responde se quiser, e quem publica não tem expectativa de resposta”.
    Stone participa hoje no Brasil do II Encontro Agenda do Futuro, organizado pela empresa de serviços de comunicação TV1.
    Acompanhe a transmissão ao vivo a partir das 19h30.

    Ivan Leal  @ivanlegal

     
c
escrever novo post
j
post seguinte/ comentário seguinte
k
post anterior/comentário anterior
r
Resposta
e
Editar
o
mostrar/esconder comentários
t
voltar ao topo
l
vá para login
h
mostrar/ocultar ajuda
shift + esc
Cancelar